Camomila

Como plantar camomila
Como plantar camomila

A Camomila é uma erva, das mais antigas que a humanidade já utilizou. A sua origem mais provável é a Europa e América do Norte, onde é muito comum nos jardins públicos. As duas espécies de camomila mais cultivadas são a camomila vulgar ou camomila alemã (Matricaria chamomilla, também denominada Matricaria recutita) e a camomila romana ou camomila de paris (Chamaemelum nobile ou Anthemis nobilis).

A camomila alemã é a mais cultivada, sendo a mais apreciada como chá porque o sabor é mais doce que o sabor da camomila romana, que é mais amarga.

Nome Comum: Camomila vulgar, Camomila alemã, Camomila romana, Camomila de paris
Nome Científico: Matricaria chamomilla, Matricaria recutita, Chamaemelum nobile, Anthemis nobilis
Altura: 50cm
Aplicações: Canteiros Cestos Floreiras Hortas Jardins informais Maciços Paisagismo Prados
Características principais: Flor perfumada
Ciclo de vida: Anual
Clima: Temperado
Cor das flores: Amarelo Branco
Luminosidade: Pleno Sol
Origem: América Europa
Porte: Herbáceo Rastejante
Rega: Moderada
Tipo de planta: Anual Flor

A camomila apresenta caule ereto e ramificado, de pequeno porte, alcançando cerca de 30 a 50 cm de altura. As folhas são verdes, lisas na página superior e recortadas em segmentos afilados. As flores são semelhantes às das margaridas, com centro amarelo e pétalas brancas. A floração ocorre na primavera e verão.

Diferenças entre a camomila alemã e a camomila romana

A camomila alemã pode chegar a atingir 1 m de altura, sendo mais ereta que a camomila romana, que apresenta um hábito mais rastejante, atingindo cerca de 25 cm de altura. Os folíolos (segmentos das folhas) da camomila romana são mais achatados e mais espessos que os da camomila alemã, e as suas flores são solitárias e terminais, ao passo que as flores da camomila alemã surgem em cachos.

 

Camomila vulgar ou camomila alemã, Matricaria chamomilla também denominada Matricaria recutita

Camomila vulgar ou camomila alemã, Matricaria chamomilla também denominada Matricaria recutita

Camomila romana ou camomila de paris (Chamaemelum nobile ou Anthemis nobilis)

Camomila romana ou camomila de paris (Chamaemelum nobile ou Anthemis nobilis)

Clima

Cresce melhor em clima ameno, com temperaturas abaixo de 20°C. Embora possa ser cultivada em temperaturas mais altas, a planta tende a florescer mais cedo nestas condições, especialmente se a humidade for baixa.

Luminosidade

A camomila gosta de luz solar directa embora possa tolerar alguma sombra parcial.

Solo

A camomila gosta de ser cultivada em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado a intervalos regulares. No entanto, esta planta pode crescer bem em diversos tipos de solo.

Rega

O  deve manter alguma humidade mas sem que permaneça encharcado.

Propagação

Devido à grande capacidade de propagação, a camomila pode tornar-se rapidamente invasora.

Reproduz-se por sementes postas a germinar em sementeiras ou directamente no local definitivo, durante todo o ano. A sementeira deve ser feita a uma profundidade máxima de 0,5 cm, ou apenas pressione levemente as sementes no solo. A germinação leva normalmente uma ou duas semanas. As pequenas plantas podem ser transplantadas quando estas têm de 2,5 a 5 cm de altura.

Propagar camomila por semente

Propagar camomila por semente

A camomila romana pode também ser propagada por sementes ou por divisão de plantas bem desenvolvidas.

Como plantar camomila

A camomila deve ser plantada respeitando um espaçamento de cerca de 30 a 45 cm entre as plantas. A camomila também pode ser cultivada em vasos e floreiras grandes que pode ter na sua varanda ou pequeno jardim.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *