Como plantar salsa (Petroselinum crispum)

Como plantar salsa
Como plantar salsa

A salsa, salsinha ou perrexil (Petroselinum crispum) é uma planta herbácea bienal, podendo-se também cultivar como anual.
A salsa é nativa da região mediterrânica central (sul de Itália, Argélia e Tunísia), mas está hoje distribuida por toda a Europa e amplamente cultivada como condimento pelo seu sabor fresco.

Nome Comum: salsa, salsinha
Nome Científico: Petroselinum crispum, Petroselinum crispum
Altura: 60cm
Aplicações: Floreiras Hortas Vasos
Características principais: Ar Aromática
Ciclo de vida: Bianual
Luminosidade: Meia Sombra Pleno Pleno Sol
Porte: Herbáceo
Rega: Moderada
Tipo de planta: Condimentar Folha Planta hortícola
Ramo de salsa

Ramo de salsa

Clima

A salsinha pode ser cultivada numa grande variedade de climas, embora cresça melhor se for cultivada em regiões de clima ameno, com temperaturas entre 10ºC e 22°C.
As altas temperaturas podem induzir a planta a florescer precocemente.

Luminosidade

Deve plantar a salsa em lugares ensolarados ou em sombra parcial. Hoje em dia é uma das plantas que as pessoas cultivam nas suas cozinhas ou varandas.
Em regiões de clima quente, cultive em locais frescos e bem iluminados, mas sem que fique exposta a luz solar direta nas horas mais quentes do dia.

Solo

Cultive a salsa de preferência em solo bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica.
No entanto, a salsa é uma planta bastante tolerante e cresce bem em várias condições de solo, mesmo em solos pouco férteis.

Rega

Deve-se regar a salsa de forma a manter o solo sempre húmido, mas sem que fique encharcado.

Propagação

As sementes de salsa podem demorar um longo tempo para germinar, variando entre 2 a 6 semanas.
No entanto, se demolhar as sementes em água morna por umas horas antes de semear pode antecipar a germinação. Plante as sementes no local definitivo da horta ou no vaso.

A salsa pode ser cultivada em vasos e floreiras, no entanto muitas pessoas plantam em vasos que são muito pequenos e isso limita muito o crescimento da planta.
A salsa pode atingir até 60 cm de altura na floração e a raiz pode ultrapassar a 50 cm de profundidade.
Assim, os vasos utilizados devem ser profundos, com pelo menos 30 cm de profundidade para que a salsa desenvolver-se bem.

Como plantar

A salsa pode ser plantada facilmente em vasos e floreiras, mas o tamanho dos recipientes pode limitar o crescimento da planta e a duração da sua vida útil.

Pode adubar-se a cada 30 dias para que a salsa cresça com vigor.

Flor de salsa

Flor de salsa

Insetos na salsa

A salsa atrai alguns animais. Certas espécies de borboletas põem ovos na planta pricipalmente em ambientes mais quentes.
Quando os ovos eclodem, saem lagartas pretas com listras verdes e pontos amarelos que se alimentam da planta durante duas semanas.
As abelhas e outros insetos que se alimentam de néctar visitam as flores da salsa, enquanto que alguns pássaros alimentam-se das sementes.

Salsa de raiz

A variedade chamada “salsa de raiz” produz grandes raízes, como o nome indica, que podem ser consumidas cruas ou cozidas.

Colheita

A colheita das folhas da salsa pode começar de 60 a 90 dias depois da plantação, quando a planta tem aproximadamente 12 a 16 cm de altura.
Colha as folhas mais externas inteiras, ou seja, com o pecíolo (o talo da folha), e procure não retirar mais do que um terço das folhas.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *