Lúcia-lima (Aloysia)

Lúcia-lima (Aloysia)
Lúcia-lima, limonete, Bela-luísa (Aloysia)

A Lúcia-lima (Aloysia) é um arbusto muito conhecido principalmente pelas propriedades das suas folhas. Conhecida também como limonete, doce-lima, erva luísa ou bela luísa exala um doce perfume a limão. É simplesmente delicioso quando passeamos pelo jardim num dia de vento e sentimos o seu perfume fresco em todo o lado.

Nome Comum: Lúcia-lima, Limonete, Doce-lima, Doce-lima, Bela luísa, Erva luísa
Nome Científico: Aloysia
Altura: 2m
Aplicações: Jardins informais Maciços
Características principais: Aromática
Cor das flores: Branco
Crescimento: Rápido
Família: Verbenaceae
Luminosidade: Pleno Sol
Porte: Arbustivo
Tipo de planta: Arbusto

Este género contém cerca de 40 espécies de arbustos de folha perene originário da América e, como não podia deixar de ser, são cultivadas principalmente pelo aroma das suas folhas, de onde são extraídos óleos para diversas finalidades.

A Lúcia-lima (Aloysia) gosta de solos bem drenados e de textura leve. Prefere uma posição onde possa beneficiar da luz direta do sol quente e não gosta de geada nem dos gelos de Inverno onde tende a ser queimada. Muitas vezes, a Lúcia-lima é cortada pela base para voltar a renascer a cada Primavera. Se a cultivar em vaso, pode mudá-la para um lugar mais abrigado durante os meses de Inverno. A poda cedo durante a Primavera estimula o crescimento das flores, são pequenas e brancas e nascem em grupos no gomos terminais dos ramos durante o Verão.

Flor da Lúcia-lima (Aloysia)

Flor da Lúcia-lima (Aloysia)

Uma vez que se trata de um arbusto com crescimento desordenado, deve ser constantemente podada para manter uma forma mais compacta.

A propagação da Lúcia-lima (Aloysia) faz-se por estacas semi-maduras no Verão ou estacas verdes na Primavera.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *