Sardinheiras ou Gerânios (Pelargonium)

A Sardinheiras ou Gerânios (Pelargonium) são plantas perenes que adoram o sol do Verão. São originárias da África do Sul mas estão difundidas por todo o mundo sendo muito populares e de fácil cultivo.

Nome Comum: Sardinheira, Gerânio
Nome Científico: Pelargonium
Aplicações: Cestos Floreiras Vasos
Características principais: Flores pendentes
Ciclo de vida: Perene
Clima: Equatorial Mediterrâneo Temperado
Cor das flores: Branco Lilás Rosa Vermelho
Crescimento: Rápido
Família: Geraniaceae
Luminosidade: Meia Sombra Pleno Sol
Origem: África
Porte: Herbáceo Rastejante
Rega: Moderada
Tipo de planta: Flor Perene

Produzem floração abundante desde que se mantenham com calor e luz e se retirem as flores que vão murchando. Apesar de serem perenes, são sensíveis ao gelo no Inverno, pelo que devem ser protegidas quando as temperaturas baixam e há perigo de geadas. Por outro lado, as sardinheiras não toleram bem a humidade, pelo que o solo deve ter boa drenagem.

As folhas das sardinheiras são geralmente alternadas e recortadas, muitas vezes em hastes longas, e por vezes apresentam padrões claros e escuros. Os caules são erectos e têm flores agrupadas de cinco pétalas. Existem numa grande variedade de cores, brancas, cor de rosa, vermelha, likás, etc.

Quanto à forma de crescimento, existem dois tipos de sardinheiras mais comuns: as que crescem erectas para formar um pequeno arbusto e as que se estendem horizontalmente, com tendência “a cair” e que são muito usadas em janelas e varandas.

Sardinheira ou Gerânio (Pelargonium)

Sardinheira ou Gerânio (Pelargonium)

Qualquer sardinheira deve ser podada no início da Primavera, para que brote com força. Outro aspecto importante é que vale a pena cortar as primeiras flores para que a planta ganhe vigor, o jardineiro será recompensado se o fizer pois a sardinheira vais crescer mais compacta e produzir flores mais abundantemente. As sardinheiras são normalmente aplicadas em vasos, cestos ou floreiras de janela ou varanda, onde formam bonitos maciços pendentes.

A propagação é feita normalmente por estacas retiradas durante a estação de crescimento. Produzem raízes facilmente, desde que o solo seja bem drenado.

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *